domingo, 18 de outubro de 2009

Video Os Lusiadas

video

Analise do livro Os lusiadas canto V

No canto V é uma narrativa da viagem marítima , onde os marinheiros tinham medo do " mar tenebroso" , tinham alucinaçoes achando que no mar existiam monstros, e passaram por doenças e a morte provocada pelo Escorbuto, enfrentando perigos e grandes obstaculos .
Adamastor era considerado , o gigante, pelo povo luso . Quando eles conseguiram derrotar o gigante, eles festejaram, nao por ganhar, mas sim por enfrentar e vencer o medo!


A partir da estrofe 49, o gigante começa a fazer previsoes de quem era a figura maravilhosa mas Vasco da gama interrompeu , foi quando Adamastor começou a relembrar seu passado triste.
Ja na estrofe 52 Adamastor fala de um sentimento mais profundo , Amor. Onde ele conta que viu Tétis nua na praia e por ela se apaixonou . Tétis era representada para o gigante como um objeto de desejo e por ela, Adamastor desprezou toda as outras deusas , por isso ele cometeu a loucura de lutar contra Neptuno .
A partir dessa estrofe começa uma "luta" por um amor impossivel, o gigante demonstra uma fragilidade, onde ele se acha feio demais para conquistar o coraçao de Tétis . Isso é demonstrado pela estrofe 53 :
“como poderia o amor de uma ninfa, aguentar o amor de um gigante?”
O seu amor por Tétis era tao grande , que o gigante começava a ter alucinaçoes, ao ponto de Adamastor em uma noite ver o rosto de Tétis , e correr para abraçá - la, depois ele descobre que nao era real.
Finalmente na ultima estrofe 60 o gigante desaparece chorando ,Vasco da gama pede aos anjos que os casos contados por Adamastor nao se realizem !

Natália e Jamile !

sábado, 22 de agosto de 2009

Analise do filme ..!

A professora distribuiu uma cronica para cada dupla do livro " Cronistas do descobrimento", e depois passou um filme e pediu para cada dupla relacionar com a cronica da dupla !.. A cronica passada para minha dupla foi : Carta ao Padre Geral. Nessa cronica os jesuitas contam passo a passo como foi a catequizaçao dos 'Brasis' ( como eram chamados os indios), bem comos as dificuldades para essa catequizaçao.No filme conta a historia de um Frances que foi parar em uma tribo indigena, e acabou ficando por lá mesmo, ensinando os indios. No contexto da minha cronica, o frances estaria fazendo o papel de jesuita, e a tribo eram mesmo os indigenas que estavam sendo catequizados, no começo tanto o frances , quanto os indigenas ficaram assustados com a diferença de cultura, roupa, costumes, etc. O frances pouco a pouco foi tentando passar os costumes para os indigenas, que muitas vezes nao aceitavam ( Era como acontecia antigamente, com os jesuitas e os indios, que nao queriam muito ser evangelizados, e deixar seus costumes e culturas de lado) . Mas depois de um longo tempo, eles se deram conta que a expansao da tribo ( que é o Brasil) só veio a crescer com a chegada dos jesuitas, que expandiram fronteiras.... É isso ai galera, cada assunto que for discultido em sala, será exposto nesse blog !

Fiquem ligados, porque aqui a medida que voce navega voce aprende !!

Natália e Jamile .

domingo, 9 de agosto de 2009

Esse blog servirá de suporte para a realizaçao de um trabalho das alunas Natalia Checon e Jamile Brito, pela direçao da professora Fabiana Pinto, da disciplina de Literatura do colegio Instituto Francisco de Assis. Serao expostos todos os textos, crônicas, apresentaçoes que irá acontecer na sala de aula, discultiremos através desse blog todos os assuntos passados pela professora.

Tudo isso estará sendo avaliado e pontuado por Fabiana, por isso ela conta com, criatividade, informaçao e conhecimento por parte dos alunos.


Natália Checon e Jamile Brito !